O Poeta e a Cova Escura

R$50,00R$120,00

Peça de Jorge Antunes para voz de tenor, clarinete e piano, composta em 2018. Essa formação, segundo o autor, segue o molde dos trios escritos por Schubert em especial o trio Hirt auf dem Felsen. Antunes homenageia o grande compositor alemão, no 190º aniversário de sua morte. Jorge Antunes faz uso recorrente de uma citação schubertiana: uma pequena célula melódica da clarineta, característica do Hirt auf dem Felsen. Resolvido a fazer uma peça camerística poética e dramática, Antunes escolheu os três sonetos mais sofridos e revoltados de Manuel Bocage: “As Mãos de Marília”; “Vendo-se Encarcerado” e “Solitário e Ditado Entre as Agonias do seu Trânsito Final”. Foram poemas escritos pelo poeta português, durante sua prisão determinada pelo intendente Pina Manique, que acusava Bocage de pecados diversos que incluíam destemperos contra o clero e críticas aos órgãos sociais da época.

Limpar

Informação adicional

Peso Não aplicável
Dimensões Não aplicável
Material

Formato A4, Venda da parte separada do solista

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Poeta e a Cova Escura”